17 de mai de 2009

Os chakras em nossa vida


A importância dos chakras em nossa vida.

Todos nós já ouvimos em alguma ocasião algo a respeito dos chakras, mas o que não sabemos é como lidar com eles em nosso dia a dia.
Para uma melhor compreensão à respeito vamos falar do conceito geral.
Os chakras tem sua origem no sistema antigo do yoga, o significado da palavra que deriva do sânscrito é Roda ou Disco.
Os chakras são vórtices de energia criados para comunicação do corpo físico e consciência, e por meio dessa ligação eles tornam centros energéticos para recepção, assimilação e transmissão das energias vitais.
Há em nós sete chakras principais localizados verticalmente e centralizados desde a base da coluna vertebral ao topo da cabeça.
Os chakras mantém relação com os gânglios nervosos e glândulas do sistema endócrino, sendo responsáveis por vários processos corporais, como a respiração, a digestão e reprodução.
A eles também são relacionados elemento da natureza como água, terra, fogo, ar, assim como som, cores, sabores, aromas, divindades, pedras preciosas, ervas e influências planetárias, esses elementos são uma representação metafórica da expressão energética de cada chakra.
Psicologicamente, os chakras correspondem à áreas fundamentais da nossa vida como: sobrevivência, sexo, poder, amor, comunicação, imaginação e espiritualidade. Se interpretarmos pelo sentido literal da palavra chakra (disco) poderemos imaginar o chakra como um CD-ROM psíquico que contém a programação responsável pela condução de vários aspectos de nossa vida.
O chakra base (Muladhara), por exemplo, contém nosso programa de “sobrevivência”, como a dieta que nos é mais apropriada, quando precisamos fazer exercícios ou dormir e como nos cuidarmos quando estamos doentes.
Cada um de nós tem um modelo de “hardware”(corpo físico) ligeiramente diferente. Trabalhamos com os chakras para eliminar os defeitos dos programas e para manter o sistema operando com regularidade.
Após compreendermos o conceito do que são os chakras podemos trabalha-los a nossos favor.
No próximo artigo falarei á respeito do chakra Muladhara (básico) e como trabalha-lo de forma prática no seu dia a dia, fique atento.
Namastê!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário