25 de jan de 2010

Anahata Chakra


Vamos entrar agora no verdadeiro centro do sistema de chakras. Com três chakras embaixo e três chakras em cima, o quarto chakra fica literalmente no coração do sistema.
Conhecido como “chakra cardíaco”, porque esta localizado na área desse órgão vital, este centro esta no âmago do nosso espírito.
Ele é o integrador dos mundos do espírito e da matéria, ele é o centro do amor, da compaixão, do equilíbrio e da paz.
Seu elemento é ar, elemento da respiração, do oxigênio bombeado através de nossa corrente sanguínea com cada movimento do coração.
Quando trabalhamos com o ar, à medida que agimos reciprocamente com ele através da respiração, temos acesso aos aspectos físicos e espirituais do chakra cardíaco. Esta prática é chamada de pranayama, o exercício respiratório da prática do yoga, que nutre o corpo e a mente com a energia vital da respiração.


O amor é o principio básico associado a este chakra, ele é sentido como um estado do ser que emanado centro e que se irradia para tudo o que encontra.
Outro principio desse chakra é o equilíbrio. O que tem equilíbrio tem longevidade – o relacionamento perdura. Quando entramos efetivamente em equilíbrio com nós mesmos, com nossos relacionamentos e com nosso ambiente, mergulhamos numa sensação profunda de serenidade e de paz.


O amor por si mesmo é um elemento importante para se chegar a esse equilíbrio.


É difícil amar outra pessoa se antes não amarmos a nós mesmos, para isso é necessário compreender e aceitar nossas dualidades pessoais – o equilíbrio em luz e sombra, entre interior e exterior, entre dar e receber, entre o adulto e a criança interior e sobre a disponibilidade de perceber nossas necessidades e de satisfazê-las.

Excesso e deficiência do chakra.

Se a energia desse chakra estiver em deficiência, ou seja, fraca, a pessoa pode sentir pressão no peito, dificuldade para respirar profundamente, o peito pode ficar contraído e dores nas regiões das escapular podem surgir.
A pessoa pode ter tendência a depressão, isolamento, medo de relacionamento interpessoais e falta de amor próprio.
O acúmulo de mágoas não resolvidas pesa muito sobre o chakra cardíaco.

Se o chakra apresentar excesso de energia, a tendência é de nos desfazermos de tudo, de ficarmos tão concentrados nos outros que ignoramos a própria essência. Viver em função dos outros e a dependência afetiva são os principais sinais.

Em resumo, a tarefa do chakra cardíaco é entrar num estado de equilíbrio interior com nós mesmos e com nossos relacionamentos e abrir-nos a compaixão e ao amor.
A passagem da energia através do coração une a mente com o corpo, o interior com o exterior, o eu com o outro, e nos recompensa com uma sensação de paz e realização.

Equilibrando o Anahata

Existem várias formas de equilibrá-lo, vou passar técnicas simples que podem ser aplicadas diariamente.

Durante a minha formação em naturopatia aprendi uma compressa que alivia muito a sensação de aperto e acumulo no peito.
Corte uma manga em fatias e aplique sobre o ponto central do seu peito, conhecido por nós terapeutas como o vale das magoas, respire profundamente e visualize que o que você tem preso em seu peito vai se desprendendo e passando para a manga. Quando expirar visualize suas magoas, tristezas e frustrações saindo por sua boca, em seguida inspire profundamente visualizando uma luz verde se concentrando em seu peito.
Faça a compressa durante o tempo que sentir necessário.

Outro exercício muito eficiente é fazer uma meditação com respiração focada na expansão da energia, respire profundamente e visualize a luz verde concentrada em seu peito, ela vai se expandindo conforme você respira, tomando conta de todo o seu corpo, do ambiente que você encontra, envie essa energia as pessoas que você ama, onde elas estiverem e por fim para todo o planeta.
Respire profundamente por mais alguns minutos e finalize com as mãos em frente ao peito em forma de oração e de agradecimento.

Consuma mais alimentos verdes, como verduras e legumes.
Utilize camisetas ou blusinhas na cor verde e se desejar pendure um cristal como pingente, tocando seu corpo na região do chakra, pode ser um quartzo verde.

Lembre-se ame você mesmo incondicionalmente e espalhe esse amor à outras pessoas!!


Namastê!

Autora: Kama Prem



Nenhum comentário:

Postar um comentário