7 de ago de 2009

Swadhistana Chakra



Swadhistana – 2° chakra

Estou de volta para falar a respeito do segundo chakra o Swadhistana, agora que já estabelecemos nossa base e nosso centro cuidando do chakra básico, é chegado o momento de subirmos na linha dos chakras. Assim que nos movemos, deslocamos nossa atenção e descobrimos que á medida que nossa atenção se transfere do EU (o centro do 1° chakra) para o outro, descobrimos o reino dos sentimentos e do desejo. Assim, o primeiro aspecto significativo do segundo chakra é a mudança.
Enquanto o primeiro chakra nos ensinou a formar base e ficar imóveis, o segundo chakra nos possibilita o movimento através do corpo físico e energético.
Os aspectos principais do segundo chakra são: a sexualidade e as emoções.
O elemento associado a ele é o elemento Água, observe como sempre nos referimos as nossas emoções como algo aquoso – elas fluem como um rio, tem marés como o mar, dão-nos gotas de lágrimas. A água é fluída não tem forma própria, mas assume a forma do terreno sob o qual esta ou a forma do recipiente que a contém, podemos imaginar que o nosso corpo físico é o recipiente e as emoções “são” a água. Nossa estrutura que dá forma as emoções mas as emoções que preenchem a estrutura e temos que permitir que ela possa fluir.
O direito deste chakra é o direito de sentir, será que você esta se permitindo sentir? Reflita sobre isso por alguns instantes, você esta agindo de acordo com os seus sentimentos ou só esta se deixando levar pela razão? Quando nos permitimos sentir, as emoções fluem e quando só agimos com a razão e pensamento o segundo chakra entra em desequilíbrio.
Os desequilíbrios comuns deste chakra são: problemas de intestino, dores e problemas lombares, ciatalgia, alergias alimentares e vaginais, problemas de rins e bexiga, cistos no ovário, problemas menstruais incluindo TPM, impotência sexual, vícios e autodestruição, medo, insegurança excessiva, obsessão, dependência emocional, perdas materiais e incapacidade de construir.
Trabalhando esse desequilíbrio podemos prevenir e até curar alguns desses males citados acima, de forma simples iniciaremos o tratamento.
A primeira coisa a se fazer é refletir sobre o seu aspecto emocional e dentro do possível resolver os desequilíbrios, começando por se entregar mais ao sentimento, realmente vivenciar os acontecimentos, tendo consciência é claro de que nada dura para sempre portanto se o sofrimento chegar sofra o que tiver que sofrer sem brigar, por que desta forma você não estará recalcando os seus sentimentos, não tenha medo, eu repito sofra o tempo necessário pois com certeza acabará e outro sentimento irá chegar. Já a alguns anos eu aprendi com um mestre que nós somos uma casa e recebemos hospedes constantemente e devemos receber todos sem destinção, devemos agradecer a todos, mesmo os que levarem toda sua mobília embora.
O segundo passo é utilizar técnicas simples diariamente como: alimentar-se com alimentos de cor laranja, por exemplo: abóbora, cenoura, manga, laranja e ingerir muito liquido.
Visualizar um foco de luz laranja na região do umbigo.
Em noites de lua meditar olhando para mesma que é o astro regente deste chakra.
Receber massagens, fazer coisas que lhe proporcionem prazer.
Também pode ser utilizado na região do umbigo durante alguns minutos cristais como, quartzo laranja, topázio, coral ou cornalina.
A cor laranja no ambiente também ajuda no equilíbrio deste chakra.
Lembrem-se as técnicas exteriores são de grande valia, mas sem a mudança interior com relação ao sentir o chakra não será totalmente equilibrado.

Autora: Kama Prem – Terapeuta Holística diretora do Núcleo Prem Namastê

Nenhum comentário:

Postar um comentário